Dormir na rua para anunciar o amor de Deus

Noite fria em São Paulo e um grupo de missionários do Movimento Aliança de Misericórdia, sai às ruas para ir ao encontro de moradores de rua, jovens, crianças e adultos que vivem sob pontes, marquises e em praças públicas da Capital. Os missionários passam os finais de semana inteiro junto deles, dormindo nas ruas e partilhando com estes “irmãos de rua” as mesmas condições de sobrevivência. Faça chuva ou faça sol, frio ou calor, os missionários permanecem nas ruas a partir da noite de sexta até a noite até domingo. Como todos os “habitantes” do local, por volta das 6 da tarde, os missionários saem em busca de papelão que usarão como cama e como cobertor.

O objetivo é ganhar a confiança dos moradores de rua tornando-se um com eles. Nesta proximidade, se pode também anunciar o amor misericordioso de Deus, impor-lhes as mãos e orar pedindo um encontro pessoal com Cristo, um “Pentecostes de Misericórdia, para cada irmão de rua.

Após estes momentos em que homens e mulheres da rua encontram Jesus através do anúncio kerigmático ou da oração, estes irmãos de rua se sentem fortalecidos, dispostos a abandonar as drogas, a criminalidade e a miséria. Está hora de propor a eles um caminho para sair das ruas passando por uma triagem inicial e posteriormente pelo o envio para uma das casas de acolhida e recuperação da Aliança e Misericórdia, propondo-lhes ao final deste processo a possibilidade de reinserção social.

 

A “Festa da Misericórdia”

A Festa da Misericórdia é um grande momento vivido todos os meses, no qual  missionários e voluntários realizam diversas atividades de assistência social e espiritual para os irmãos de rua.

Neste dia os irmãos são convidados a comparecer à Casa Restaura-me, um conjunto de galpões doados à Aliança de Misericórdia e que já recebe diariamente cerca de 150 pessoas para banho, troca de roupa atendimento médico e alimentação. Neste espaço, com a ajuda de assistentes sociais também se dá início a um processo de recuperação. A Festa da Misericórdia é uma extensão do trabalho oferecido diariamente pela Casa Restaura-me e serve como o primeiro contato de muitos moradores de rua com o local.Há corte de cabelo e barba, banho, refeições e atividades diversas.

Mas o cume da Festa são os momentos oração, testemunhos, reflexões bíblicas, sempre com muita alegria como um grande louvor a Deus. Nestes momentos, missionários, voluntários, irmãos de rua… não existem diferenças ao erguerem as vozes aos Céus. A Parábola do filho pródigo (Lc 15,11-32), tantas vezes anunciada na Festa, não deixa dúvidas no coração : todos os presentes, são como o jovem que só encontra paz e acolhida nos braços do Pai Misericordioso.

Texto : Depto de Comunicação - Aliança de Misericórdia

Contate-nos : comunicacao chez misericordia.com.br